Príncipe Charles testa positivo para o novo coronavírus

Autoridades palacianas disseram que, apesar do diagnóstico, herdeiro do Trono britânico apresenta sintomas leves. Sua esposa, a Duquesa da Cornualha, foi testada e não se encontra doente.

Aos 71 anos, o Príncipe Charles contrai o novo coronavírus (Reprodução/AP)

O Príncipe Charles está com coronavírus e apresenta sintomas leves, confirmou a Clarence House na manhã desta quarta-feira (25). O Príncipe de Gales e herdeiro do trono britânico "continua com boa saúde", disse o comunicado, apesar do diagnóstico positivo. A duquesa da Cornualha, Camila, também foi testada, porém seu resultado foi negativo. Agora, o casal está se isolando em Balmoral, na Escócia, e Charles está trabalhando de casa. Em nota oficial, a Clarence House diz que não sabe como se deu o fato: "Não é possível dizer com clareza de quem o Príncipe contraiu o vírus, considerando o alto número de compromissos que Sua Alteza teve durante as últimas semanas". Charles é o terceiro membro da realeza europeia a confirmar que está com a doença. O Arquiduque Karl von Habsburg-Lothringen, da Áustria, foi o primeiro a ser diagnosticado com o Covid-19. O Príncipe Albert, de Mônaco, testou positivo para coronavírus na última quinta-feira (19). Além disso, fora da Europa, no Brasil, três membros da Família Imperial diagnosticaram positivo para a doença, sendo que um dos Príncipes, Sua Alteza Real o Príncipe Dom Antonio, foi hospitalizado. A Casa Imperial do Brasil suspendeu suas atividades por tempo indeterminado. Com a pandemia da doença, que já deixou mais de 425 mil pessoas infectadas pelo mundo e quase 19 mil mortes, a rainha Elizabeth, de 97 anos, foi colocada em isolamento em um castelo.


Há pouco mais de 8.000 casos de infecções pelo novo coronavírus identificados no Reino Unido. O número de mortes é de 422, de acordo com informações da universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos.


Com informações dos portais G1 e R7.

Banner wallpaper bandeira imperial.png

Todos os direitos reservados © Diga Sim à Monarquia - 2014-2020