Morre, aos 84 anos, o Príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança

Chefe da Casa Imperial do Brasil desde 1981, Dom Luiz faleceu na tarde desta sexta-feira (15) após um mês internado em São Paulo. Sucede-o na Chefia da Casa Imperial seu irmão, o Príncipe Dom Bertrand de Orleans e Bragança.


Sua Alteza Imperial e Real o Príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança
Sua Alteza Imperial e Real o Príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança (Divulgação/©Pró Monarquia)

Com imenso pesar, o Secretariado da Casa Imperial do Brasil comunicou na tarde desta sexta-feira (13) o falecimento de Sua Alteza Imperial e Real o Príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança.



Filho mais velho do Príncipe Dom Pedro Henrique de Orleans e Bragança — neto da Princesa Isabel e descendente direto dos augustos Imperadores do Brasil — e da Princesa Dona Maria da Baviera —neta do último Rei da Baviera — Dom Luiz tinha 84 anos e faleceu em São Paulo acompanhado por seus familiares.


Sua Alteza estava internado há pouco mais de um mês, desde o dia 9 de junho, no Hospital Santa Catarina, localizado no bairro da Bela Vista, em São Paulo, e faleceu em decorrência de uma série de complicações resultantes do decaimento de seu estado de saúde nos últimos anos. Dom Luiz contraiu poliomielite na infância, o que resultou em problemas de locomoção, e foi recentemente diagnosticado com Alzheimer; além disso, sofria de hiponatremia e fibromialgia.


Em comunicado emitido no último dia 8, o Secretariado da Casa Imperial do Brasil informou que os médicos haviam declarado que o quadro de saúde de Sua Alteza Imperial e Real era "irreversível" e que a vida do príncipe caminhava "serena e cristãmente para o desenlace”.


O Príncipe Dom Luiz junto de seus pais (Arquivo/©Casa Imperial do Brasil)


O PRÍNCIPE QUE DESCARECTERIZOU OS MONARQUISTAS COMO "FORAS DA LEI"


Em 1987, durante a Assembleia Nacional Constituinte, Dom Luiz concorreu de maneira decisiva para a queda da “cláusula pétrea” constitucional que caracterizava os monarquistas como "foras da lei". Foi a sua célebre “Carta aos Srs. Membros da Assembleia Nacional Constituinte” que contribuiu para a realização do Plebiscito de 1993, em que, pela primeira vez depois de 100 anos do golpe republicano, os brasileiros puderam se expressar sobre qual sistema e forma de Governo preferiam para o país.


Dom Luiz durante a campanha monarquista para o Plebiscito de 1993
Dom Luiz durante a campanha monarquista para o Plebiscito de 1993 (Arquivo/©Casa Imperial do Brasil)

Calados e perseguidos por uma cláusula pétrea que figurara em todas as Constituições republicanas até então, e que impedia o questionamento da forma republicana de Governo, a Carta chamou a atenção para o momento de abertura política e pedia que também fossem garantidos os direitos políticos dos monarquistas, que hoje podem atuar livremente.



O Príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança em fotografia mais recente (Divulgação/Pró Monarquia)
O Príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança em fotografia mais recente (Divulgação/Pró Monarquia)


Em nota à imprensa, o Secretariado da Casa Imperial comunicou que o velório será aberto ao público das 14h às 20 horas nos dias 16 a 17 de julho, e no dia 18 de julho, das 10h às 13 horas, na sede social do Instituto Plínio Correia de Oliveira, localizado à Rua Maranhão n.º 341 em Higienópolis, São Paulo.


A missa de corpo presente, por sua vez, será celebrada às 13 horas do dia 18 de julho na Paróquia Santa Teresinha, localizada à Rua Maranhão n.º 617, também no bairro de Higienópolis, após a qual o cortejo fúnebre sairá para o Cemitério da Consolação.


Por meio de suas redes sociais, a Pró Monarquia divulgou a seguinte nota:


 

NOTA DE FALECIMENTO: S.A.I.R. DOM LUIZ DE ORLEANS E BRAGANÇA, CHEFE DA CASA IMPERIAL DO BRASIL (1938–2022)

Cumprimos o doloroso dever de comunicar o falecimento de Sua Alteza Imperial e Real o Príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança, Chefe da Casa Imperial do Brasil, que, hoje, dia 15 de julho de 2022, na cidade de São Paulo, aos 84 anos de idade, confortado com os Sacramentos da Santa Igreja e a Bênção Apostólica, Deus Nosso Senhor teve por bem chamar a Si.

O falecido era o primogênito do Príncipe Dom Pedro Henrique de Orleans e Bragança, Chefe da Casa Imperial do Brasil a partir de 1921, e da Princesa Dona Maria da Baviera, tendo nascido no Exílio, a 6 de junho de 1938, em Mandelieu-la-Napoule (França). Pelo falecimento de seu Pai, a 5 de julho de 1981, sucedeu-o na Chefia da Casa Imperial, como legítimo sucessor dinástico de seus maiores, os Imperadores Dom Pedro I e Dom Pedro II e a Princesa Dona Isabel.

Informações sobre as Exéquias serão disponibilizadas oportunamente.

Com o falecimento do Senhor Dom Luiz, sucede-o como Chefe da Casa Imperial do Brasil seu irmão, o Príncipe Dom Bertrand de Orleans e Bragança, que a todos encarece orações em sufrágio da alma do augusto falecido.

Pró Monarquia / Secretariado da Casa Imperial do Brasil


Rua Itápolis, 873 – Pacaembu

01245-000 São Paulo – SP

(11) 2361-3214

condolências@monarquia.org.br


 

O Presidente da República, Sr. Jair Messias Bolsonaro, decretou luto oficial de 1 dia em todo o Brasil. O decreto foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União nesta sexta-feira (15) e foi assinado pelo atual mandatário e pelo Embaixador Carlos Alberto França, ministro das Relações Exteriores.


Por meio do Twitter, o Governo Federal expressou sentimentos de pesar pelo passamento de Dom Luiz. Bolsonaro, por sua vez, também manifestou condolências à Família Imperial durante sua tradicional live semanal neste dia 15 de junho.





Também nas redes sociais, manifestaram-se publicamente chefes de casas reais estrangeiras como o Príncipe Jean de Orleans, Chefe da Casa Real da França, e Sua Alteza Real a Princesa Owana Kaʻōhelelani, Chefe da Casa Real do Havaí.



"Recebi com emoção a notícia do falecimento de meu primo Dom Luiz de Orleans e Bragança", escreveu o Conde de Paris em seu perfil oficial. "A Senhora Condessa de Paris une-se a mim para transmitir as nossas mais sinceras condolências à sua família, especialmente na pessoa de seu irmão Dom Bertrand, que sucede-lhe na chefia da Casa Imperial do Brasil", disse.



No Facebook, o perfil oficial da Casa Real do Havaí declarou que a perda de Dom Luiz, "figura admirável de brasileiro e chefe de família exemplar", seria "sentida por muitos brasileiros e por outras tantas pessoas ao redor do mundo".



Primo próximo de Dom Luiz, o Chefe da Casa Real Portuguesa, S.A.R. o Senhor Dom Duarte Pio, Duque de Bragança, prestou homenagem a Dom Luiz com um longo texto em seu perfil pessoal no Facebook, manifestando "A S.A.I.R. o Senhor Dom Bertrand e a toda a Família Imperial Brasileira os nossos votos de sentidos pêsames".


Com a morte de Dom Luiz, assume a Chefia da Casa Imperial S.A.I.R. o Príncipe Dom Bertrand de Orleans e Bragança (Tiziana Fabi/©AFP)

Com informações de Pró Monarquia - Casa Imperial do Brasil

2 comentários
Banner wallpaper bandeira imperial.png