Falece aos 81, no Rio, o Príncipe Dom Eudes de Orleans e Bragança

Pai de Dom Luiz Philippe de Orleans e Bragança e irmão do Chefe da Casa Imperial do Brasil, Dom Eudes faleceu nesta quinta-feira (13) em decorrência de uma insuficiência renal causada por problemas no coração.

Dom Eudes no Gávea Golf Club em São Conrado, no Rio de Janeiro (Guito Moreto/Agência O Globo)

Com imenso pesar, a Pró Monarquia, associação que representa o Secretariado da Casa Imperial do Brasil, comunicou nesta quinta-feira (13) o falecimento de Sua Alteza Real o Príncipe Dom Eudes de Orleans e Bragança.


Irmão mais velho do Chefe da Casa Imperial do Brasil e pai do Príncipe e Deputado Federal Dom Luiz Philippe de Orleans e Bragança, o Príncipe Dom Eudes tinha 81 anos e faleceu no Rio junto de seus familiares. Ele esteve internado durante 8 meses no hospital Pró-Cardíaco em Botafogo, no Rio de Janeiro, em razão de uma insuficiência renal causada por problemas no coração.

O enterro ocorrerá nesta sexta-feira, dia 14 de agosto, no Cemitério São João Batista em Botafogo. O corpo está sendo velado na Capela 2.

O Príncipe Dom Eudes de Orleans e Bragança na sala de sua casa, no Rio (Reprodução/Veja Rio)

Nascido a 8 de junho de 1939, em Mandelieu, no Sul da França, foi o segundo dos doze filhos do Príncipe Dom Pedro Henrique de Orleans e Bragança e sua esposa, a Princesa Dona Maria da Baviera. Chegou ao Brasil aos seis anos de idade, em 1945, quando o fim da Guerra na Europa permitiu à Família Imperial Brasileira retornar à Pátria.

Foi o primeiro membro da Família Imperial a integrar as Forças Armadas do Brasil após o exílio, quando ingressou na Marinha. Em 1968, como Primeiro-Tenente, serviu como oficial de ligação a bordo do Iate Real Britannia, que trazia a Rainha Elizabeth II do Reino Unido, então em viagem oficial ao Brasil. Foi aluno da Escola de Submarinos, tornando-se mais tarde um dos maiores especialistas brasileiros nesse tipo de embarcação.


Grande entusiasta do golfe, praticou o esporte até os 78 anos nos campos do Rio de Janeiro e de todo o mundo. Na sala de estar do apartamento da família, na Lagoa, troféus e fotos de viagens de golfe dividem espaço com quadros de Dona Leopoldina e Dom Pedro I. Dom Eudes costumava ir, pelo menos uma vez ao ano, a Saint Andrews, cidade na Escócia que é considerada o berço do golfe. Os quatro filhos mais novos colecionam títulos estaduais, brasileiros e sul-americanos.


Dom Eudes deixa a mulher, Mercedes, seis filhos, Luiz Philippe, Ana Luiza, Eudes Filho, Guy e as gêmeas Maria Antônia e Maria Francisca, e onze netos.


Manifestamos nossas mais sinceras condolências à toda a Família Imperial do Brasil.


A Pró Monarquia - Casa Imperial do Brasil emitiu a seguinte nota na noite desta quinta-feira (13):

FALECIMENTO DO PRÍNCIPE D. EUDES DE ORLEANS E BRAGANÇA


Da parte de S.A.I.R. o Senhor D. Luiz de Orleans e Bragança, o Secretariado da Casa Imperial do Brasil cumpre o doloroso dever de comunicar o falecimento, ocorrido hoje na cidade do Rio de Janeiro aos 81 anos, após longa enfermidade, de seu irmão o Príncipe D. Eudes de Orleans e Bragança, segundo dos doze filhos de D. Pedro Henrique e D. Maria de Orleans e Bragança e pai do Deputado D. Luiz Philippe de Orleans e Bragança.


A todos pedimos orações pelo eterno repouso de sua alma.

São Paulo, 13 de agosto de 2020

O Deputado Federal Dom Luiz Philippe, primogênito do Príncipe Dom Eudes (Gabriel Cabral/Folhapress)

Com informações da Pró Monarquia - Casa Imperial do Brasil e jornal O Globo

Banner wallpaper bandeira imperial.png

Todos os direitos reservados © Diga Sim à Monarquia - 2014-2020