D. Pedro de Alcantara fala sobre as contribuições da Imperatriz D. Teresa Cristina ao Brasil

Depoimento de Sua Alteza Real é destacado no primeiro teaser do documentário "Dona Teresa", que vai contar a trajetória de vida e realizações da "Mãe dos Brasileiros".

No dia 12 de março desse ano, o Príncipe gravou seu depoimento para o documentário (Divulgação/©Stampa Assessoria de Imprensa)

"Foi uma mulher extraordinária, de uma bondade inacreditável. [...] Ela trouxe a Itália para o Brasil. Ela trouxe tudo, nas artes, arqueologia, na medicina...": assim lembra o Príncipe Dom Pedro de Alcantara, irmão de S.A.I.R, o Príncipe Dom Luiz, Chefe da Casa Imperial do Brasil, as contribuições da Imperatriz Dona Teresa Cristina, em depoimento à produção do doc-drama "Dona Teresa", que tem previsão de lançamento para 2021.


Confira o teaser:

Com depoimentos de membros da Família Imperial e de estudiosos e pesquisadores sobre a Imperatriz no Brasil e na Europa, o documentário "Dona Teresa" tem o intuito de mergulhar na trajetória, feitos e personalidade da Imperatriz desde o Reino das Duas Sicílias, onde nasceu, passando por sua atuação como grande patrocinadora da cultura e incentivadora da imigração italiana no Brasil, até sua morte no exílio, em Portugal, em decorrência do golpe de Estado de 15 de novembro de 1889.


Esposa do Imperador Dom Pedro II e princesa do Reino das Duas Sicílias, Dona Teresa Cristina de Bourbon-Duas Sicílias deixou, como Imperatriz Consorte do Brasil, um legado importantíssimo. Dentre essas contribuições, destaca-se a coleção de artefatos arqueológicos greco-romanos que construiu a partir de sua chegada no Brasil, em 1843. Na ocasião, trouxe um lote de peças provenientes de Pompéia, e a coleção foi depois incrementada com peças oriundas de escavações que financiou na Itália.


Com peças originárias da Magna Grécia, Pompéia, Herculano e Veio, o acervo chegou a compreender mais de 700 itens. Desse material, infelizmente, pouco restou, quase tudo se perdendo por ocasião do incêndio que atingiu o Museu Nacional em 2018. Contudo, não se restringiu a isso o legado da Imperatriz, que, como o documentário quer mostrar, transcende o aspecto material.

A Imperatriz Dona Teresa Cristina e seu marido, o Imperador Dom Pedro II do Brasil (Reprodução/©Wikimedia Commons)

Sobre o Príncipe Dom Pedro de Alcântara


Irmão de S.A.I.R. o Chefe da Casa Imperial do Brasil e trineto da Imperatriz Dona Teresa Cristina, o Príncipe Dom Pedro de Alcantara possui o mérito de ter sido o primeiro de seus irmãos a nascer no Brasil após o fim do exílio da Família Imperial.


É casado desde 1974 com Dona Maria de Fátima Baptista de Oliveira Rocha – tetraneta e sobrinha-trineta de José Bonifácio de Andrada e Silva, o Patriarca da Independência do Brasil –, com quem tem cinco filhos. Formado em Economia, atuou profissionalmente na iniciativa privada e atualmente reside na cidade de São Paulo.


Com informações de Stampa Assessoria de Imprensa, Museu Nacional/UFRJ e Pró Monarquia

Banner wallpaper bandeira imperial.png

Todos os direitos reservados © Diga Sim à Monarquia - 2014-2020