Coronavírus faz três vítimas fatais entre a nobreza europeia

Nobre espanhol, Príncipe italiano e Princesa espanhola integravam o grupo de risco e faleceram em decorrência de complicações da Covid-19.

O nobre espanhol Carlos Falcó, Marquês de Griñon, o Príncipe Dom Raimondo Orsini d'Aragona e a Princesa Dona Maria Teresa de Bourbon-Parma e Bourbon-Busset (©Hola/Formichi/Espacio Carlista)

Lamentavelmente, o coronavírus já faz três vítimas fatais entre a nobreza e realeza europeias.


A primeira vítima da doença foi o nobre espanhol Carlos Falcó, Marquês de Griñon. Falecido na última sexta-feira (20), num hospital de Madrid, ele tinha 83 anos e estava internado desde o início da semana. Amigo de infância do Rei D. Juan Carlos e padrasto do cantor Enrique Iglesias, o aristocrata foi casado entre 1980 e 1985 com uma famosa apresentadora de talk shows na Espanha, Isabel Preysler, com quem teve uma filha, Tamara Falcó, vencedora de uma das edições do programa Masterchef.


Sua Alteza o Príncipe Dom Raimondo Umberto Maria Orsini d’Aragona, falecido nesta quarta-feira (25), foi o segundo nobre vitimado pela doença. Nascido em Roma, em 18 de novembro de 1931, ele tinha 89 anos e era um Príncipe do Sacro Império Romano-Germânico. Em 1977, casou-se com a Princesa Khétévane Bagration-Mukhrani, atual embaixadora da Geórgia na Santa Sé e prima de Sua Alteza Real o Príncipe Davit Bagration, Chefe da Casa Real da Geórgia.


Do lado paterno, descendia dos Médici de Florença e, do lado materno, mantinha vínculo com a Casa de Saboia, a última casa real a reinar na Itália. Deixou 5 filhos. Segundo o jornal Il Mensaggero, o estado de quarentena imposto na Itália impediu que fosse realizado qualquer espécie de funeral. Apenas um enterro simples ocorreu na capela da família, na Basílica de San Giovanni, em Roma.


Falecida na tarde desta quinta-feira (26) em Paris, a última vítima é Sua Alteza Real a Princesa Maria Teresa de Bourbon-Parma e Bourbon-Busset. Trineta do Rei D. João VI e intelectual ligada à Sorbonne, ela tinha 86 anos e pertencia ao Partido Carlista, agremiação espanhola de viés socialista. A notícia foi dada por seu irmão, o Príncipe Sixto Henrique de Bourbon-Parma e Bourbon-Busset, por meio de suas redes sociais.


Com informações de Revista Quem, El Confidencial, Il Mensaggero e Associação dos Autarcas Monárquicos.

Banner wallpaper bandeira imperial.png

Todos os direitos reservados © Diga Sim à Monarquia - 2014-2020