Pró Monarquia divulga nota a respeito de matéria da Folha de S. Paulo


Reportagem tendenciosa, que afirma que o Príncipe Imperial teria declarado apoio à Alckmin durante reunião, foi formalmente desmentida pela Casa Imperial em nota divulgada nesta terça-feira (6).

S.A.I.R. O PRÍNCIPE IMPERIAL DO BRASIL, DOM BERTRAND DE ORLEANS E BRAGANÇA, DURANTE ALMOÇO COM MONARQUISTAS NO NACIONAL CLUB DE SÃO PAULO

(REPRODUÇÃO/FOLHA DE S. PAULO)

A Pró Monarquia - Casa Imperial do Brasil acaba de divulgar uma nota de esclarecimento evolvendo o "caso Folha de S. Paulo". Em matéria veiculada no último dia 1°, e que acabou tendo repercussão em diversos portais de notícias e blogs, o jornal afirmara um suposto apoio de S.A.I.R. o Príncipe Dom Bertrand de Orleans e Bragança, Príncipe Imperial do Brasil, ao pré-candidato à presidência da República pelo PSDB, Geraldo Alckmin.

Em nota divulgada nesta tarde de terça-feira, a Pró Monarquia, representando a Casa Imperial do Brasil, por meio de seu presidente, tratou de desmentir o jornal, deixando claro que o Príncipe empreendera apenas uma análise política. Confira o texto:

MONARQUIA SUPRAPARTIDÁRIA

A "Folha de S. Paulo" e o "Portal UOL", em 1° de março, veicularam matéria com o título "Príncipe brasileiro faz aceno a Alckmin em reunião do movimento monarquista", noticiando almoço no Nacional Club, em São Paulo, no dia 23 de fevereir. Tal título excedeu as declarações de Dom Bertrand de Orleans e Bragança e o contexto das mesmas.

Nem na saudação proferida pelo Príncipe, nem na entrevista concedida imediatamente depois, Sua Alteza tomou a posição política sugerida, mas simplesmente declarou que, "verbis", "um candidato que tenha coragem de defender os valores da família, da livre iniciativa, da propriedade privada e o princípio da subsidiariedade (e não da solidariedade, como constou)", tem grandes chances de ser eleito. E, aduziu, como corretamente constou naquela notícia, que se Geraldo Alckmin tivesse adotado uma postura mais firme em 2006, quando disputou o Planalto com Lula, teria sido eleito.

Atenciosamente,

José Guilherme Beccari Presidente da Pró Monarquia

Um verdadeiro exemplo de "fake news", a reportagem causou estranheza a S.A.R. o Príncipe Dom Luiz Philippe de Orleans e Bragança, sobrinho de S.A.I.R. o Príncipe Imperial, que, no mesmo dia em que a matéria fora veiculada, publicou o seguinte comentário em sua página pessoal:

#CasaImperialdoBrasil #DomBertrand #FolhadeSPaulo #GeraldoAlckmin #DomLuizPhilippedeOrleanseBragança

Banner wallpaper bandeira imperial.png

Todos os direitos reservados © Diga Sim à Monarquia - 2014-2020