Casa Imperial lança marca comemorativa dos 80 anos de Dom Luiz


Para assinalar o 80° aniversário do Chefe da Casa Imperial do Brasil, a Pró Monarquia apresentou hoje (2), em seus canais nas redes sociais, marca desenvolvida para a comemoração da efeméride, iniciando a contagem regressiva para as celebrações do natalício de Sua Alteza Imperial e Real, em junho.

O PRÍNCIPE DOM LUIZ DE ORLEANS E BRAGANÇA, CHEFE DA CASA IMPERIAL DO BRASIL, EM DIFERENTES ESTÁGIOS DE SUA VIDA: DA INFÂNCIA À MELHOR IDADE

(REPRODUÇÃO/PRÓ MONARQUIA - CASA IMPERIAL DO BRASIL)

Em 6 de junho deste ano, S.A.I.R. o Chefe da Casa Imperial do Brasil, Príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança completará 80 anos de idade. Para assinalar o acontecimento, a Pró Monarquia - Casa Imperial do Brasil divulgou, neste dia 02 de janeiro, em seus canais nas redes sociais, a marca comemorativa que, até o fim do ano, estampará os perfis oficiais do órgão que assessora a Casa Imperial do Brasil e coordena o movimento monárquico em todo o país.

Além da marca, a Pró Monarquia apresentou também uma imagem comemorativa, com o Príncipe em diferentes estágios de sua vida, da infância à melhor idade. O ano deverá ser marcado, a propósito, por diversas publicações relativas à diferentes momentos da vida de Sua Alteza Imperial e Real: infância, formação, ascensão à chefia da Casa Imperial do Brasil, entre outros.

A MARCA COMEMORATIVA DOS 80 ANOS DE S.A.I.R. O PRÍNCIPE DOM LUIZ (REPRODUÇÃO/FACEBOOK)

Príncipe de grandes feitos

Bisneto da Princesa Isabel e trineto do Imperador D. Pedro II, o Príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança nasceu em 6 de junho de 1938, na cidade de Mandelieu, na França. Em função do exílio e do início da Segunda Guerra Mundial em 1939, a Família Imperial ficou impedida de vir para o Brasil e Sua Alteza Imperial e Real permaneceu na Europa, retornando somente em 1945, com o término do conflito. Como foi registrado na embaixada do Brasil na França, Dom Luiz recebeu a nacionalidade brasileira, sendo brasileiro nato.

Formado em Química, estudou na Universidade de Munique, na Alemanha. É fluente em francês, alemão e espanhol, além do português, compreendendo o inglês e o italiano.

Em 1981, ascendeu à chefia da Casa Imperial do Brasil, após o falecimento de seu pai, o Príncipe Dom Pedro Henrique de Orleans e Bragança (1909-1981). Como Chefe da Casa Imperial do Brasil, seu maior feito foi ter levado, na Constituinte de 1988, à queda da cláusula pétrea que impunha a República e colocava os monarquistas na ilegalidade. Na carta que naquele ano redigiu aos Deputados Constituintes, chamou atenção para a incoerência que havia, naquele momento de abertura, findos 21 anos de Ditadura Militar, os parlamentares darem liberdade a todos, até mesmo aos comunistas, mantendo, contudo, os monarquistas, sempre ordeiros, na ilegalidade.

Ouvido, seu feito permitiu a realização de outro, o Plebiscito de 1993, em que, passados mais de 100 anos do golpe republicano, os brasileiros foram consultados para determinar a forma e o sistema de governo do país. O parlamentarismo monárquico obteve apenas 10,5% dos votos, mas o número representou ainda assim um grande feito, considerados todos os anos de doutrinação e desmoralização do regime monárquico impostos pelos governantes republicanos.

#DomLuizdeOrleanseBragança #DomLuiz #80anos #Aniversário #natalício #ChefedaCasaImperialdoBrasil #PróMonarquia #marcacomemorativa #CasaImperialdoBrasil

Todos os direitos reservados © Diga Sim à Monarquia - 2013-2020