Premiê espanhol diz esperar que intervenção na Catalunha seja breve


O plano do governo da Espanha de assumir o controle da Catalunha e interromper a campanha separatista da região é "excepcional" e não deverá durar muito, afirmou hoje o primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy.

Em discurso no Parlamento, Rajoy disse que a aplicação do artigo 155 é a "única resposta possível" para restaurar a legalidade na Catalunha, que no começo do mês votou por sua independência em um plebiscito não autorizado por Madri.

Rajoy disse esperar que as eventuais medidas - que incluem a destituição do presidente catalão, Carles Puigdemont, e a redução dos poderes do Parlamento local - sejam breves.

O premiê afirmou ainda que o último passo será a realização de eleições regionais, que serão realizadas o quanto antes, assim que a lei e a ordem forem restauradas.

A expectativa é que o Senado espanhol aprove as medidas na sexta-feira (27).

Amanhã, o Parlamento regional da Catalunha vai realizar uma sessão para discutir a ameaça de que a região perca sua autonomia.

Também na quinta-feira, Puigdemont irá comparecer ao Senado espanhol para apresentar seus argumentos contra a aplicação do artigo 155, segundo a mídia espanhola.

Via Associated Press


Banner wallpaper bandeira imperial.png

Todos os direitos reservados © Diga Sim à Monarquia - 2014-2020